2MUSIVOTI-final 2022_edited.png
zeze carrasqueira.jpg
MARIA JOSÉ CARRASQUEIRA |piano

Denominada “musicienne dans l’âme”, pela grande mestra Eliane Richepin, a intérprete brasileira, desenvolve uma intensa carreira como solista, recitalista, camerista, professora convidada e conferencista, atuando nos USA, Europa, Nova Zelândia, Armênia e América Latina.

 

Vinda de uma rica formação artística e musical recebida de seu pai, João Dias Carrasqueira, e dos professores Lina Pires de Campos, Camargo Guarnieri, Roberto Schnorremberg, Jacques Klein, Magda Tagliaferro, teve ainda na Europa grandes orientadores nas figuras de B. Seidlhoffer, E. Richepin, H. Datyner, D. Rossiaud, C.Dobler e G. Demus.

Seu repertório é abrangente, transitando do Barrôco ao Contemporâneo, com ênfase na Música Brasileira.

 

Prêmio Carlos Gomes – Solista Instrumental, e Prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte -Melhor Recitalista; Professora Doutora pela USP, Maria José Carrasqueira foi Professora da FASM, da Universidade São Judas Tadeu, do Departamento de Música do Instituto de Artes da UNICAMP e do Programa de Pós-Graduação em Música da UNICAMP. 

 

Uma das mais renomadas pianistas brasileiras, é também entusiasta organizadora de eventos e produções musicais de relevo, tendo recebido o Prêmio Sharp de Música – Produção, Melhor CD Clássico “Série Regia Musica”, selo Paulinas Comep. A série, idealizada por ela, vem priorizando o intérprete brasileiro e a música feita no Brasil. Como pesquisadora é responsável pelas edições dos álbuns “O melhor de Pixinguinha” e “O livro de Pattápio Silva”, lançados pela Editora Irmãos Vitale, além de uma extensa revisão crítica dos “Vinte Estudos para Piano” de M. Camargo Guarnieri. 

 

Como docente, vem formando inúmeros alunos que atuam de forma relevante no cenário artístico e pedagógico, nacional e internacional.

 

Solista frente a importantes orquestras brasileiras - Sinfônica do Estado de São Paulo; Orquestra Sinfônica Nacional, de Brasília; Orquestra Sinfônica da USP, Sinfonia Cultura; Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro, de Porto Alegre; Orquestra Sinfônica de Campinas, entre outras e internacionais- Armenian Philarmonic Orchestra (Yerevan, Armênia); Orquestra Sinfônica Nacional de Lima (Peru); Orquestra Sinfônica Nacional de Quito (Equador); Berguem Collegium Musicum (Noruega), a pianista teve seu CD com obras de E. Nazareth lançado  na Europa pelo selo SOLSTICE, agraciado com 4 estrelas pelas revistas “Le Monde De La Musique”  e  “Diapason”, de Paris.

                                                                                                                              

Dentre suas frequentes apresentações nos USA, destaca-se o recital no Weill Hall, do Carnegie Hall de Nova York, em Duo com seu irmão, o flautista Antonio Carlos Carrasqueira, além das constantes Lecture-Recitals sobre Música Brasileira, incluindo a Harvard University, University of Massachussetts-Dartmouth, e Berklee School of Music, a convite do David Rockefeller Center for Latin American Studies. 

 

Numerosas são suas atuações e gravações para a Rádio e TV, e sua discografia, realizada pelos selos Paulinas-COMEP e YB (Brasil), Solstice e Skarbo (França), Centauros e Odyssey Discs (USA). 

 

Como cravista apresentou-se inúmeras vezes como solista e camerista, no Brasil e no  exterior, tendo colaborado com a Orquestra Filarmônica de Israel, sob a regência do maestro Zubin Mehta.

Referências da Imprensa

“... Maria José Carrasqueira   nos encantou por seus numerosos dotes... intérprete de uma ótima técnica e sensibilidade, e de um profundo senso estilístico...”

                                                          Momento Sera - Roma 

 

“...et Maria José Carrasqueira interprète ces pièces avec tact, leur donnant leur juste expression, par um jeu toujours “naturel” épousant à merveille les fluctuations du discours, et une belle palette sonore...”

                                                   CD- “Nazareth” - Hebdo National – H.B. – Paris

 

 

“…cet enregistrement savoureux mérite l´attention. Maria José Carrasqueira parle ici sa langue maternelle et trouve toujours le tempo et le ton exacts. Aucune précipitation, mais une respiration naturelle, um charme immediate qui vous gagnent d´emblée. Avec la pointe de sentimentalité  requise dans les morceux les plus tendres… et un chic qui ne sacrifient rien à l´exteriorité dans des pages plus animées, l´interprète manifeste beaucoup de justesse dans la caractérisation…

                                           CD- “Nazareth”- Diapason (****) Alain Cochard - Paris       

 

 

“...Rendons hommageà la plaquestte du CD ...et à l´enregistrement du jeu clair de la pianiste, simple et proche de l´instrument, ce qui confère um son très légèrement désuet, comme issu du passé...” 

           CD- “Nazareth”- Le Monde de La Musique (****) – Jacques Amblard – Paris

 

 

“...seu precioso credo artístico é responsável por este CD que é um verdadeiro divisor de águas na interpretação da obra de Nazareth...”

                                                         O Estado de São Paulo- J. Marcos Coelho

 

 

“...Zezé, como é carinhosamente chamada, brilha pela verve e vitalidade com que aborda alguns dos itens mais conhecidos do repertório nazarethiano...o refinamento e o cuidado com a beleza sonora de uma artista de “escola” reluzem em valsas como Coração que sente e Eponina...”

                                                        Revista BRAVO- Irineu F. Perpetuo

 

 

 

“...Maria José é uma excelente musicista... ela iria ainda nos provar isso ao tocar Guarnieri...numa execução autentica de bela qualidade...e na sonata de Kabalevsky da qual ela fez uma festa.”

                                                          Le Dauphine Libere – Annecy (França)

 

 

“…A fusão expressiva realizada pelos dois irmãos instrumentistas está entre as melhores apresentadas em Roma nesta temporada...”

                                                          Nuovo Sound – Roma